segunda-feira, 12 de julho de 2010

Novo Blog


O juanews estará de cara nova a partir de 22 de Julho de 2.010, marcando o aniversário de 99 anos de nossa cidade, para mantermos o novo e conservarmos o antigo, finalizaremos nossas postagens neste endereço, e recomeçaremos novo ciclo em:

domingo, 11 de julho de 2010

Aniversário de 1 ano

                                           

Hoje, o Juanews - Blog de Comentários sobre o cotidiano de Juazeiro do Norte completa 01 ano, totalizamos 395 postagens - com média mensal de 01 postagem por dia, com vários temas ligados a saúde, economia, empreendedorismo, infraestrutura, hierarquia urbana, política entre outros. A partir de hoje entraremos em uma nova fase aguardem!

sábado, 10 de julho de 2010

SEMASP ESTUDA PROJETOS AMBIENTAIS NA UFC



Representando a prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Meio Ambiente, esteve em Fortaleza nos dias 1 e 2, o gerente de uso e ocupação do Parque Ecológico da Timbaúbas, Aldeir Lima, onde discutiu na assessoria técnica e financeira (ASTES) da Universidade Federal do Ceará, os últimos ajustes técnicos e financeiros do Projeto Tijolo Ecológico e o Diagnóstico sócio-ambiental do Rio Salgado.
O primeiro projeto tem por objetivo reutilizar o material reciclado da construção civil em programas de habitação popular, pavimentação e outros. O segundo é realizar um diagnóstico dos múltiplos usos dos recursos hídricos do rio salgado em Juazeiro do Norte, enfatizando os impactos ambientais e sócio-econômicos desse trecho do rio e identificar os principais conflitos causados por este uso.
De acordo com Aldeir devido ao bom andamento do processo esses projetos terão início ainda nesse segundo semestre de 2010. Os dois projetos fazem parte do Programa Juazeiro Sustentável.

Fonte: Secretaria de Meio Ambiente

Ponto Frio também esta na lista



O Ponto Frio Eletro, bandeira adquirida recentemente pelo grupo Pão de Açúcar, que detém outros modelos de varejo, como: Extra Hipermercados, Assaí, Casas Bahia, e os supermercados Pão de Açucar participou na última terça-feira, conforme publicação transcrita abaixo, de reunião para a liberação de licenciamento ambiental junto a SEMASP em nosssa cidade. Estratégias e expeculações a parte, fomos surpreendidos com a notícia, pois por mais esta loja na lista de postulantes a disputa do nosso mercado, não esperavámos.




MEIO AMBIENTE RECEBE REPRESENTANTES DO PONTO FINO E WAL-MART BRASIL

Na tarde de terça-feira (6) ás 15 horas estiveram na sede da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos (SEMASP), representantes dos grupos Ponto Fino e WAL-MART BRASIL LTDA, com o objetivo de discutir sobre o processo de licenciamento ambiental para a construção de novos empreendimentos no município de Juazeiro do Norte.
Na ocasião foi apresentada para ao secretário Antonio de Pádua e ao chefe da Divisão de Fiscalização Ambiental Paulo Enrique, a planta do prédio que será construído ainda este ano.

Fonte: Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos (SEMASP)

SECRETÁRIO DE INFRAESTRUTURA VAI DISCUTIR PROJETO DO MARCO ZERO






O Secretário de Infraestrutura de Juazeiro do Norte, Rafael Apolinário viajou com destino à Fortaleza, com o objetivo de discutir junto à Caixa Econômica Federal (CEF) assuntos relativos à diversos projetos, entre eles, o que trata da construção da Praça Marco Zero, uma das obras do Centenário de Juazeiro.
Ainda na CEF o titular da SEINE tratará da duplicação da Avenida Virgílio Távora, entre a Avenida Manoel Coelho de Alencar e o Aeroporto Regional do Cariri e construção do estacionamento no Centro de apoio aos Romeiros. “Já mandamos licitar essas duas obras para iniciá-las o mais rápido possível”, afirmou. Por outro lado, Rafael informou que com relação à drenagem da Avenida Paulo Maia o projeto está sendo reformulado. “Estamos alterando o projeto. Vou também na Defesa Civil, para resolver isso o mais breve possível”, disse o secretário Rafael Apolinário.

Fonte: Secretaria de Infraestrutura


Só não entendemos uma coisa: Como a duplicação deste trecho da Avenida Vírgilio Távora esta aguardando licitação se as obras já tinham sido iniciadas na gestão anterior, e posteriormente paralizadas?

Elogiamos a iniciativa na Avenida Paulo Maia, e achamos que obras relacionadas ao centenário da cidade merecem cuidados, em não criar em Juazeiro mais áreas especiais que necessitem de atenção e futuramente sejam esquecidas e se tornem marginalizadas.

Shopping Center Juazeiro


O empreendimento será implantado numa área de 23.473,00 m2, tendo uma área construída de aproximadamente 37.550,79 m2. O terreno está situado em Juazeiro do Norte, Ceará, entre a Avenida Humberto Bezerra, Avenida Castelo Branco, Rua Padre Silvino Moreira e a Rua Francisca Paula Bezerra. O Shopping terá um nível e contará com três lojas âncoras, duas mega lojas, 85 lojas satélites, 12 lojas de alimentação, e um cinema com três salas de projeção. A (ABL) Área Bruta Locável será de 11.101,54 m2. O estacionamento apresentará um nível e possuirá 501 vagas para automóveis, além das vagas para motos e bicicletas.

Achamos que o Shopping Juazeiro preencherá importante lacuna comercial existente na Zona Leste de Juazeiro, beneficiando e valorizando bairros como Limoeiro, Aeroporto, Novo Juazeiro, Timbaúbas, Tiradentes, Betolândia e Brejo Seco. Com ele àquela parte da cidade atrairá outros investimentos e melhorará como um todo. Esperamos que além dos investimentos privados, ações públicas sejam discutidas, defendemos para lá entre outras iniciativas: Hospital Distrital Leste, Terminal Integrado de Passageiros, acessos intermunicipais para Missão Velha e Barbalha, mercados públicos e pátios de feiras livres, entre outros...

Diferentemente de outras cidades, Juazeiro se consolida como a cidade onde a iniciativa privada provoca necessidades de investimentos no setor público. O que observamos na maioria das vezes é a atração de capitais privados com generosas contribuições estatais.

JUAZEIRO EMPREENDIMENTOS PREPARA- SE PARA TERCEIRONA



Valorizar os atletas da casa e descobrir os talentos do futebol juvenil da região, é a proposta do Juazeiro Empreendimentos Esportivos, que se prepara para retornar aos gramados, na próxima edição do Campeonato Cearense da Terceira divisão, no mês de agosto.

Mesmo com o jejum de jogos, após o rebaixamento da primeira divisão, em 2001, o clube volta ao cenário esportivo mais confiante, é o que garante o presidente Kleber Lavor. “Pretendemos resgatar o trabalho com categorias de base, seguindo o perfil de valorização do jogador. Vamos trabalhar com jovens entre 18 e 20 anos, que busquem se tornar profissionais no futebol brasileiro”.

O presidente relembra que o time se consolidou como o principal celeiro para a revelação de talentos do Cariri, que acabaram se destacando no esporte, alguns deles a nível nacional, como o zagueiro Ronaldo Angelin, hoje, jogador do Flamengo.

Esta semana, em Fortaleza, durante a avaliação técnica do Santos, cinco jogadores foram observados e selecionados para integrar a equipe juvenil do clube santista. O grupo formado pelos atacantes Bruno e Luis Henrique, os laterais Jeferson e Gean e o volante Pedro Lucas já faz parte da formação do time. “Tenho certeza que muitos destes nomes vão vingar no futebol brasileiro”, afirma Kleber. A intenção do presidente é iniciar os trabalhos de treinamento com o time do Juazeiro, a partir do dia 20 de julho, um mês antes da estréia.

Fundado em 1997, o Clube Juazeiro Empreendimentos Esportivos foi vice- campeão cearense em 1999 e terceiro colocado no campeonato estadual, participou no ano 2000 da primeira fase da Copa do Nordeste sub-18, foi rebaixado à segunda divisão do estadual no ano seguinte, mas se consagrou campeão juazeirense sub-18 em 2010.

Fonte: JC / Carolina Barros

SIM a Ponta da Serra


O município do Crato além das eleições que teremos em todo Brasil, promoverá um plesbiscito para ratificar a independência de seu atual principal distrito, Ponta da Serra. Com sua provável criação a RMC  - Região Metropolitana do Cariri passará de 09 para 10 municípios integrantes, podendo este número aumentar com a criação de outros municípios, como Jamacaru - por desmembramento de Missão Velha.

Achamos que todos têm a ganhar: Crato, Juazeiro, toda região metropolitana e principalmente Ponta da Serra, por isso nos manifestamos favoravéis e defensores do progresso desta localidade.

Fraqueza política caririense

Cariri fica de fora mais uma vez



Está completo o quadro eleitoral que irá disputar o Governo do Ceará e as duas vagas ao Senado. Mais uma vez a região do Cariri vai participar do processo eleitoral como espectadora. Não terá nenhum político de expressão ou que tenha construído carreira no sul cearense ocupando um lugar de destaque. O único que teve alguma chance real, o ex-secretário Camilo Santana foi rifado da chapa do governador Cid Gomes devido as brigas internas no PT. A prefeita Luizianne Lins não o apoiava e até mesmo sua tendência petista sedividiu indicando sem nenhuma chance o marido da ex-secretária Fátima Bandeira, o também ex-secretário Joaquim Cartaxo. Outro que poderia ter virado vice-governador, o presidente da Câmara de Juazeiro, Zé de Amélia Junior, tanto de Marcos Cals quanto de Lúcio Alcântara não tinha partido. O PSL de Zé de Amélia é aliado de Cid Gomes.



O que dirão para convencer



Os três principais candidatos a governador – Cid Gomes(PSB), Lúcio Alcântara(PR) e Marcos Cals – precisam afinar o discurso que utilizarão durante suas campanhas nos municípios do Cariri. Qual a bandeira que eles irão prometer para conquistar os votos caririenses? Cid promete novos investimentos além da entrega do Hospital Regional. Marcos Cals destaca sua proximidade com a região onde sempre foi em todas eleições que disputou ao longo de seis mandatos. Por sua vez, Lúcio Alcântara destaca as obras que realizou no Cariri durante seu mandato. O eleitor é que se decidirá para eleger o melhor o povo caririense.
 
Fonte: Coluna Donizete Arruda / JC - nativo sobralense 

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Três coisas (Colaboradores)






 ZPE Cariri, nada de interesse pelos políticos.



 viametro, nada de investimento na criação de novas linhas, nem aparelhos de ar-condicionado, eles já deveriam fazer transporte de Juazeiro a Caririaçu e Crato a Barbalha, via Arajara, sem contar importantes extensões de linhas, como uma de Juazeiro a Caldas, além doutros bairros.


 URCA poderá se torna centro universitario, ela corre risco, e pouco há de esforço para sua expansão, o Cariri já deveria ter cursos como odontologia e psicologia pela URCA, mas ela é esquecida em relação a UVA e UECE.
resumindo, é evidente a falta de interesse e empenho dos nossos governantes, já até ouvi falar numa nova fábrica de VLT's em Recife, e nada de concreto para o nosso polo do trem, alias, Recife tem abocanhado quase tudo que deseja vir ao Nordeste.

Escrito por colaboradores

Problemas nas CE's urbanas

A Secretaria de Segurança de Juazeiro do Norte em parceria com o Departamento Municipal de Trânsito (DEMUTRAN) promoveu uma ação na Avenida Leão Sampaio, no retorno da La Favorita, em frente ao hospital Santo Inácio, sob a coordenação do secretário Cláudio Luz.
O objetivo é estudar o fluxo de veículos e as alternativas para solucionar os problemas. A CE é a única saída da Lagoa Seca e do Jardim Gonzaga torna-se, por tanto, uma via de intenso fluxo e consequentemente ponto constante de congestionamentos. A secretaria já pediu ao DETRAN e ao DERT a solução do problema.
Projetos vêm sendo estudados, não só no tocante a esse cruzamento como também em relação a outros pontos da cidade como é o caso da saída do SENAI, em frente a BOSH também na Avenida Leão Sampaio. Mesmo sendo de responsabilidade do estado, o município de Juazeiro espera autorização do DETRAN e DERT para iniciar as modificações necessárias.

 Fonte: Secretaria de Segurança/DEMUTRAN


A CE-040 - avenida Washington Soares - é a via urbana de jurisdição estadual mais bem conservada, têm todo um planejamento urbano, e dispõe de infraestrutura de semafóros onde necessário, e receberá um viaduto no cruzamento com a Avenida Maestro Lisboa- acesso ao Porto das Dunas.

Depois da capital e sua região metropolitana, Juazeiro e sua também região metrolitana é a região mais importante do estado, mas não é tratada como merece. As Ce's 292 - Avenida Padre Cícero, e Ce 060 - Avenida Leão Sampaio, são erroneamente utilizadas para o tráfego rodoviário e urbano simultaneamente. Precisamos de um acesso rodoviário entre o entroncamento da variante da Ce-292 com a Ce-386 até Missão Velha, deixando nossas principais vias destinadas ao tráfego urbano. Atribuímos a isso acidentes frequentes. Falta uma política pública para a infraestrutura metropolitana assim como a existente em Fortaleza. Paralelo a isso a Prefeitura de Juazeiro deve ter via alternativas como a Avenida Paulo Maia, Ailton Gomes, e outras que beneficiem bairros como Distrito Industrial, Frei Damião, São José, e Jardim Gonzaga.

Fruticultura em Missão Velha


A coluna conversou com o gerente de produção da Sítio Barreiras Fruticultura Ltda., Willian Batista, sobre a importância do empreendimento para o Cariri. Instalado há 14 anos em Missão Velha, o empreendimento tem na banana, na uva e no mamão suas principais culturas. Em relação ao escoamento da produção, William revela que estão fornecendo para o Grupo Pão de Açúcar, Atacadão Carrefour, Supermercados Lagoa e Mercadinhos São Luis.

Fonte: Coluna DN

Sabemos da importância do município vizinho de Missão Velha, e somos defensores de um elo entre as duas cidades (Missão Velha e Juazeiro do Norte), também temos a certeza de nossa importância pra aquele município. Infelizmente não encontramos políticos que abracem conosco esta idéia, gostaríamos que uma rodovia a partir do Aeroporto Regional do Cariri fosse incluído nos planos de governo dos postulantes ao Palácio de Iracema em 2.011.

Telefonia: Tarifa local


Anatel faz consulta pública em Juazeiro do Norte para para ampliar os critérios de definição de áreas de telefonia local. A ideia é que a tarifação local abranja toda a Região Metropolitana do Juazeiro e pertença a uma mesma área de numeração. Uma revisão do Regulamento sobre Áreas Locais para o Serviço Telefônico Fixo.

Fonte: Juanorte

Região Metropolitana do Cariri só existe no papel

É sabido a existência de um conglomerado urbano no interior do estado, trata-se da área de cornurbação envolvendo Crato, Juazeiro e Barbalha. Triângulo Crajubar para uns, JuaBC para outros. Sua criação foi por lei complementrar estadual nº 78 foi sancionada em 29 de junho de 2009, passados mais de um ano, onde avançamos?

O trem de superfície que liga Crato a Juazeiro do Norte, atrasado pelo atual governador do estado em quase 03 anos na sua implementação não dispoe de instrumentos de integração com outros meios de transportes. Cidades como Santana do Cariri, Nova Olinda, Farias Brito, e Jardim não receberam nenhuma interferência com este projeto, uma vez que dependem basicamente de transportes alternativos.

Caririaçu e Missão Velha são os vizinhos pobres de Juazeiro do Norte que vêem a cidade polo crescer sem participar efetivamente deste crescimento, por serem podadas em relação a Crato e Barbalha, que dispõe de inquestionável melhor infraestrutura e recebem vultuosos investimentos às margens de seus acessos para Juazeiro, as Avenidas Padre Cícero e Leão Sampaio. 

Juazeiro do Norte ainda planeja sozinho seu Anel Viário - esta obra seria um excelente momento para novas ligações intermunicipais: Aeroporto - Missão Velha, Aeroporto-CE-293(trecho Barbalha-Missão Velha), Aeroporto-CE-060(trecho Vila 3 Maria-entroncamento com a entrada do Horto), Vila 3 Marias-Batateiras (via Areia Grossa, Vila São Bento), etc...

O Centro de Convenções do Cariri em obras em Crato é pequeno para os eventos da RMC, a CEASA em Barbalha estácom cronograma atrasado, o Hospital Regional do Cariri também é aquém do HRN, que será o maior do interior do nordeste numa cidade que não esta nem entre as dez mais populosas da mesma região.

Nada mudou, nada se fez, reconhecemos que Crato, Juazeiro e Barbalha estão integradas como sempre, mas não houve a inclusão dos demais municípios em projetos universais para toda a RMC - Região Metropolitana do Cariri que devem ser priorizados e empreendidos.

UPAs contribuirão para desafogar hospitais




O governador Cid Gomes assinou, nesta quarta-feira (30), ordem de serviço para a construção de 22 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24 horas). Serão investidos R$77,9 milhões do Tesouro do Estado e do Governo Federal. Até o fim deste ano o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também deve estar presente em todos os municípios do Ceará.
“A maioria dos grandes hospitais do Estado ficam lotados de atendimentos de baixa e média gravidade que não tinham necessidade de estarem lá. As UPAs servirão justamente para desafogar os hospitais”, afirmou o governador. Ainda segundo Cid, o SAMU terá um papel importante, ao regular para onde a população deverá ser encaminhada. Segundo Cid, até o fim do ano, todos os 184 municípios terão atendimento dos SAMU, com a chegada de cerca de 153 ambulâncias.
As Unidades de Pronto Atendimento oferecem serviço de raio X, laboratório para exames, aparelho de eletrocardiograma e atendimento pediátrico. Nas UPAs, a população pode resolver problemas como pressão alta, febre, cortes, queimaduras, alguns traumas e receber o primeiro atendimento para infarto ou Acidente Vascular Cerebral (AVC), entre outras enfermidades. Quando o paciente chega à UPA, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por até 24 horas.
Na área da Saúde, além das UPAs, o Governo do Estado está construindo 21 policlínicas, sete prestes a inaugurar, 16 CEOs, cinco já entregues, dois novos Hospitais Regionais, um no Cariri e outro na Região Norte, além de reforma nos sete hospitais já existentes na Capital. “Desde 2007, traçamos como meta na área da saúde expandir, concluir, ampliar e inovar, reestruturando toda a Saúde no Estado do Ceará”, disse o secretário da Saúde Arruda Bastos.
Durante a solenidade, o governador recebeu do secretário da saúde Arruda Bastos a medalha Rodolfo Teófilo de saúde pública, em homenagem à contribuição para a saúde do Estado.

Fonte: Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Juazeiro possui uma UPA no bairro Franciscanos, achamos que o bairro é merecedouro, porém há outros mais distantes que deveriam ter prioiridade em relação aos outros, como por exemplo, Novo Juazeiro e Frei Damião. O SAMU é um serviço de extrema relevância que absurdamente não foi instalado no Cariri até o presente momento. Com HRC e a criação de um rede hierárquica de serviços hospitalares, não podia mais continuar sem existir.

Obras do Minha Casa Minha vida em Juazeiro


Seguem nas imediações do Aeroporto Regional do Cariri, as obras de construção das 1.280 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida, já iniciadas.
Conforme explicou Felipe Coelho, da Construtora CRC, responsável pelo empreendimento, são blocos de apartamentos distribuídos em quatro condomínios, cada um com pavimentos térreo e superior, com quatro apartamentos em cada pavimento por bloco. “Cada condomínio contará com estrutura própria de lazer, todo murado, estacionamento, reservatório de água, esgoto com estação de tratamento e a acessibilidade para deficientes em todos os apartamentos”, informou Felipe Coelho, destacando o empenho da prefeitura através da Caixa Econômica, para a execução da obra.

Fonte: Secretaria de Infraestrutura/Secretaria de Habitação

terça-feira, 6 de julho de 2010

Polícia Ferroviária

Trazemos a discursão a segurança da nossa mais nova modalidade de transporte coletivo, o então batizado: Metrô do Cariri. O transporte ferroviário de passageiros e a criação da RMC - Região Metropolitana do Cariri abrem um novo tempo no contexto regional. Imaginamos como uma questão de tempo a implantação de um Sistema Integrado de Transportes Coletivos Bimodal, isto é, envolvendo dois modos de locomoção - trem e ônibus. Teremos anexos a cada estação um terminal de integração com os coletivos, e assim, um lugar de grande fluxo de passageiros, um local vulnerável a segurança do cidadão transeunte. Pedimos com esta argumentação a criação de um órgão local da Polícia Ferroviária que organize com policiamento ostensivo e monitorização com câmeras tudo que ocorre nas dependências e adjascências dos nossos trens. Até o presente momento não há no tocante a segurança nada a se criticar, mas precisamos ter segurança em caráter permanente e meticulosamente planejada.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Novo curso da URCA em Juazeiro




A Universidade Regional do Cariri (Urca) estará implantando em breve o curso Especial de Graduação Gestão de Negócios Imobiliários, na modalidade tecnológica. O protocolo de intenções foi assinado na última terça-feira, pelo reitor da instituição, professor Plácido Cidade Nuvens (foto), o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), Apolo Scherer Albuquerque, o diretor pedagógico do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis, Oscar Hugo Guimarães, além da presidente da Fundação de Desenvolvimento Tecnológico do Cariri (Fundetec), Meiriane Esmeraldo. A previsão inicial é que o curso seja instalado em Juazeiro.

Fonte: DN

Equipe de pesquisa de petróleo chega ao Araripe



A Bacia do Araripe recebe, no próximo dia 15, os primeiros técnicos que farão pesquisas na área para identificar a presença de petróleo e gás em condições comerciais para exploração. Em conjunto com a Agência Nacional de Petróleo (ANP), a Ipex Co. - empresa vencedora da licitação da agência para fazer a pesquisa - já elaborou o mapa com os pontos de amostragem que serão utilizados para os estudos no Estado.
A equipe técnica é formada por profissionais da Ipex e da ANP. De acordo com o diretor de Relações Institucionais da Ipex, Giovanni Toniatti, a equipe fará o reconhecimento de campo e a escolha das bases operacionais. "Eles ficarão uma semana lá. Então, no dia 1º de agosto, os trabalhos de campo, efetivamente, terão início", explica. A estimativa inicial era de que as pesquisas tivessem começado entre o fim de maio e início de abril, mas houve um atraso na questão de documentação necessária na ANP.

Amostras

Toniatti explica que os trabalhos de campo terão duração de dois ou três meses e, após isso, serão continuadas e concluídas as análises das amostras.
"Desde o primeiro mês de coleta, nós já temos as análises", informa. "O prazo de término do projeto, para as análises de laboratório, seguidas de interpretação e relatório final, é fevereiro de 2011", completa.
A Ipex, pertencente à HRT Participações, investirá R$ 3,8 milhões no projeto. Serão coletadas 2000 amostras de solo, com as quais serão feitas as análises laboratoriais e interpretação de dados geoquímicos.
A Bacia do Araripe engloba municípios do Cariri cearense, pernambucano, Piauí e Paraíba. "Este estudo visa à identificação de possíveis acumulações de hidrocarbonetos em superfície e a delimitação de áreas com maior atratividade exploratória", informa a ANP. No total, uma área de 7.500 quilômetros quadrados será estudada.

Atratividade define leilões

Caso, com os resultados apresentados em fevereiro, sejam identificadas áreas com atratividade comercial, os blocos podem ser selecionados para participaram dos próximos leilões da ANP, em que empresas disputam a concessão de exploração da bacia no Estado. Já há algum tempo acredita-se na presença de óleo na Bacia do Araripe. Um dos motivos é a possibilidade de ela estar integrada à bacia Rio do Peixe, na Paraíba, onde já é feita exploração comercial em 12 blocos. Estudos verificando esta possibilidade já vêm sendo feitos por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em parceria com a Petrobras.

Bacia do Ceará

A Bacia do Araripe foi incluída no Plano Plurianual de Geologia e Geofísica da ANP. Assim como ela, também está no plano a Bacia do Ceará. Esta, já localizada no litoral, é explorada através de campos no município de Paracuru pela Petrobras. Entretanto, a região que envolve o litoral oeste cearense, chegando até o município de Barreirinhas, no Maranhão, ainda não foi estudada, não se sabe o potencial desta área.

Em licitação

Atualmente, a ANP está no processo licitatório da bacia. A Ipex Co. é uma das empresas participantes. A vencedora do certame chegou a ser apresentada, mas outras empresas entraram com recurso e o resultado final ainda não foi definido.
O levantamento abrangerá a extensão geográfica de 7,4 mil km², onde serão coletadas amostras de assoalho oceânico.

Fonte: DN
 
A pesquisa é importante, e ascende esperanças sobre a exploração comercial e geração de divisas: empregos, renda, e royalties. Paralelo a estas descobertas é importante investir em aprendizado afim de preparar nossos jovens para funções especializadas.

Juazeiro do Norte-CE: Hospital em fase de conclusão e sem data para inaugurar



O prazo anunciado de 30 de junho para as construtoras entregarem o Hospital Regional do Cariri ao estado não foi cumprido e não se tem informações sobre nova data marcada. Por conta da campanha eleitoral o governador Cid Gomes tinha pressa em fazer uma grande festa na inauguração do empreendimento. No canteiro das obras a movimentação ainda é grande com os últimos retoques nesta fase de conclusão do prédio de oito andares.
Quem chega ao Juazeiro pelos lados do Crato ou Barbalha já se depara com um imponente edifício bem ao lado do Ginásio Poliesportivo. Um grupo de operários cuida de toda a limpeza das imediações como a retirada dos restos de material, lixo e capinação. Seguindo padrões de modernidade o prédio reservou muitas áreas para circulação e com espaços para arborização. A entrada fica para os lados do Campus Crajubar da Universidade Regional do Cariri (Urca).
O Hospital Regional do Cariri terá 209 leitos e vai garantir à população de 1,3 milhão de habitantes das regiões de Juazeiro, Crato, Barbalha, Icó, Iguatu e Brejo Santo assistência especializada em diversas áreas da saúde. Destaques para a traumato-ortopedia, cardiologia, proctologia, urologia, mastologia, gastroenterologia e oftalmologia. O acolhimento e atendimento serão feito por 1.115 profissionais. Desse total, 465 de nível superior e 650 de nível médio. Só médicos, serão 342.
No hospital, a população terá acesso a serviços que hoje, na rede pública, são oferecidos apenas na Capital. É o caso da ressonância magnética. Pelo SUS, somente o Hospital Geral de Fortaleza faz esse exame. Outro importante serviço a ser realizado pelo hospital é a tomografia computadorizada. O investimento é da ordem de R$ 44,2 milhões a fora R$ 23,5 milhões para a compra dos equipamentos. A área construída é de 27 mil metros quadrados.
Serão 87 leitos cirúrgicos e mais 87 clínicos, além de 20 UTIs adulto e 15 semi-intensiva. Dentre outros serviços haverá no Hospital Regional do Cariri radiologia geral, tomografia computadorizada, ultrassonografia geral, ultrassonografia intervencionista, endoscopia digestiva, endoscopia respiratória, ecocardiograma, eletrocardiograma, eletroencefalograma e litotripsia.

Fonte: Miséria

Achamos que o atraso não é tão consistente como o Hospital da Mulher em Fortaleza-CE, por exemplo. A obra esta praticamente concluída e já poderia esta sendo divulgado método de contratação para seus futuros servidores. A ausência deste fato é mais lamentável, e implica no que realmente interessa: SEU PLENO FUNCIONAMENTO!

Granjeiro e Caririaçu na contra-mão do Sistema de Integração de transportes coletivos


Por essa a população de Granjeiro não espera. O DER (Departamento de Edificações e Rodovias) proibiu os veículos que transportam passageiros de virem até o município de Juazeiro do Norte. Trata-se da maior demanda em termos de destino final e a população se diz prejudicada e reclama contra a decisão. Antes feita por um caminhão e um microônibus, a linha foi reduzida e tem a cidade de Caririaçu como ponto final.
Ou seja, os passageiros pagam até àquela cidade e são obrigados a desembolsar o equivalente a outra passagem para chegar ao Juazeiro. O complemento da viagem se dá por meio do serviço de transporte de Caririaçu o qual não aceita a linha estendida diretamente até Granjeiro. Melhor para a cooperativa de transportes e pior para os granjeirenses que alegam não ter a quem recorrer.
Eles recordam que o caminhão e o microônibus pegavam as pessoas em suas residências no Granjeiro e deixavam em lugares próximos ou até no destino final em Juazeiro. "Se não oferecia conforto, pelo menos comodidade", observa a doméstica Raimunda Félix dos Anjos. Os comerciantes daquela cidade já advertem que terão de aumentar o preço da mercadoria pela necessidade de pagar frete da mercadoria até Caririaçu em táxi.
O problema é que as Topics e o ônibus não levam suas bagagens normalmente compostas de pesados ou altos volumes. O problema agora não é apenas a estrada, mas a questão do transporte e quem se arriscar pode ser penalizado. Tem pessoas que pagam, por exemplo, passagem entre Granjeiro e Caririaçu, entre Caririaçu e a Praça Padre Cícero e da Praça Padre Cícero ao destino final.
 
Fonte: Miséria
 
Achamos que Juazeiro e Granjeiro necessitam dese intercâmbio que deve ser cada vez mais estreito entre as duas cidades. Mesmo sem Granjeiro fazer parte do RMC - Região Metropolitana do Cariri, é vizinho a Carririaçu, terá trecho da Rodovia Padre Cícero como ligação,  necessita do asfaltamento da CE-060, entre a cidade e o entroncamento com a CE-385, e de elo com um Sistema Integrado de Transportes Coletivos, que Caririaçu neste primeiro momento de projetos encontra-se errôneamente excluído.
 
O Sistema Integrado Metropolitando deveria contar com uma linha axial: Terminal Triângulo-Caririaçu (saindo de um futuro terminal a ser edificado no Bairro Triângulo com integração com ônibus para Missão Velha, Barbalha e Crato; passando por Estação Metrô  Teatro - com outra possibilidade de integração - seguindo pelo Centro; passando em outro terminal a ser edificado nas proximidades a Matriz, seguindo pelas vilas 3 Marias, Pelo Sinal, Padre Cícero até terminal metropolitano de Caririaçu de onde deveria haver linhas alimentadoras do sistema para: Lavras, Caririaçu, Várzea Alegre, e Aurora).

Reconhecimento pelos ares




Homenageando o aniversário de Juazeiro do Norte a GOL vai oferecer no dia 22 de julho o trecho de ida grátis para o destino Juazeiro. Os bilhetes promocionais são válidos em voos partindo de Fortaleza nos dias 23 e 24 de julho e Recife, nos dias 22, 23 e 24 de julho. As passagens podem ser compradas até o próximo dia 7 pelo site da empresa.

Política 2.010- Falta execução, sobram idéias


O avanço da sociedade juazeirense, promovida notoriamente pelo setor privado e tendo como principal gargalo a inoperância e ineficiência do setor público em suas três esferas de governo cria um momento político em que cada candidato dificilmente terá algo de novo para se propor, e sim a execução de projetos para a resolução dos velhos problemas, já sabidos e conhecidos.

Juazeiro precisa de Saúde:

Coberta de 100% da atenção primária através das unidades de Saúde da Família, decentralização do atendimento de urgência e emergência com a abertura de UPA's - Unidades de Pronto Atendimento (sugerimos pelo menos 03, nos bairros Novo Juazeiro e Frei Damião), o pleno funcionamento do HRC, a imediata instalação do SAMU - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

Juazeiro precisa de Educação:

Escolas de nível médio profissionalizante, ensino fundamental para todos em período integral, crescimento e consolidação dos campi da Urca e UFC, além de rede complementar privada

Juazeiro precisa de Infra-estrutura:

Anel viário, duplicação e prolongamento da Av. Vírgilio Távora até Missão Velha, Novos Terminais de Passageiros e de Cargas do Aeroporto, Criação de um Sistema de Transportes Coletivos com a construção de terminais de integração entre ônibus e trens, Ampliação do " Metrô do Cariri" para as cidade de Missão Velha e Barbalha, etc...

Esvaziamento do Centro


Os núcleos centrais das grandes cidades desenhados a muito tempo não evoluiram e nem sofreram as mesmas transformações urbanas que acompanhamos. As ruas, em geral, são aquém do tráfego que comportam, há problemas de estacionamento, e grandes grupos terminam optando por melhores localizados. Em Juazeiro do Norte não é diferente, os dois shoppings são/ serão construídos fora do centro, grandes supermercados, e lojas já fazem opção por grandes avenidas - verdadeiros corredores comerciais. Visualizamos em nossa cidade alguns corredores comerciais em potencial: Avenida Padre Cícero, Avenida Leão Sampaio, Avenida Ailton Gomes, Avenida Castelo Branco, e Avenida Humberto Bezerra. Além da vocação comercial do Bairro Pirajá, a Lagoa Seca também tende a ser um local aglutinador de serviços.

Achamos que o centro de Juazeiro do Norte deve passar por processo de revitalização com a preservação de prédios históricos, recuperação de fachadas, abertura de avenidas (alargamento da Avenida Padre Cícero - trecho Leão XIII- Rua do Brejo, e abertura de avenida entre a Praça José Geraldo da Cruz e a Avenida Floro Bartolomeu através de alargamento das ruas São Domingos e Rua da Glória), alargamento da Rua Carlos Gomes e abertura até a Rua São Paulo com a criação de uma Praça e um portal entre a atual praça Dirceu de Figueiredo e esta que estamos propondo. Ainda propomos o fechamento ao trafégo de veículos de algumas ruas, e a abertura de um Pólo Gastronômico, cuidados especiais com a iluminação. Assim achamos que embora não preservemos a função comercial do bairro, podemos transformar num centro aglutinador de serviços e lazer. Também seria oportuno a retirada da feira de hortifrutigrangeiros e a formação de novos centros de abastecimentos com mercados e pátios para feiras livres em áreas estratégicas nas mais diversas regiões da cidade.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

REUNIÃO DISCUTIU USO DE TAXÍMETRO EM JUAZEIRO DO NORTE



Realizada na última sexta-feira, no auditório do palácio da Microempresa (SEBRAE), uma reunião entre representantes da Secretaria de Segurança e Cidadania, Departamento Municipal de Trânsito (DEMUTRAN) de Juazeiro do Norte e cerca de 50 taxistas.
O encontro foi aberto pelo secretário de segurança Cláudio Luz, que fez uma explanação sobre o trabalho desenvolvido por sua pasta através do DEMUTRAN, objetivando reduzir os problemas cruciais do trânsito da cidade. Em seguida, foram iniciadas as discussões em torno do Projeto de Lei para regulamentação da classe, uso do taxímetro, tempo de uso do veículo, adesivos padrões, bem como o sistema de transporte inclusivo, para o deslocamento de passageiros com deficiência ou mobilidade reduzida de forma temporária ou definitiva, como idosos e gestantes, além do público em geral.
De acordo com o projeto, que deverá ser encaminhado à Câmara Municipal em agosto, número máximo de permissões que vão operacionalizar o serviço, será de um táxi para cada mil habitantes. Ou seja, se Juazeiro do Norte, tem hoje uma população, segundo dados do IBGE, 249 mil habitantes, terá, portanto, 249 táxis devidamente cadastrados. Esse número atualmente é de 210.
Durante a reunião, ficou definida, através de votação, a cor branca para a padronização do táxi e que a instalação do taxímetro também aprovada pela maioria dos taxistas presentes, deverá ocorrer num prazo de seis meses, após a lei ser sancionada. O taxímetro custa R$ 200,00. Quanto à padronização dos táxis o prazo foi também de seis meses para ser efetivada.

Fonte: Secretaria de Segurança/ DEMUTRAN


Esta medida infelizmente não impede a cobrança abusiva dos táxis no Aeroporto Regional do Cariri, onde o preço é preestabelecido por bairro. Para os outros serviços de táxis a medida é justa e pertinente, e foi adotada tardiamente.

De onde virá inspiração para a expansão do Cariri Shopping?


LAS VEGAS

Diretores da Tenco, Adriana e Eduardo Gribel, com os Diretores da Magus Investimento, Gustavo Agostini e Marco Antônio Ribeiro, num evento mundial sobre Shopping Centers, ocorrido em Las Vegas, nos Estados Unidos. Na ocasião, foram retratados projetos sobre a expansão do Cariri Shopping, de Juazeiro do Norte, que o tornará o maior do interior do Nordeste.

Fonte: JC


Recebemos e-mail anônimo onde é feito um comparativo entre o Cariri e Sobral onde informa que a Princesinha do Norte terá o maior Hospital do interior do Nordeste, e deverá ganhar uma galeria a ser batizada de Shopping Sobral, diz também que terá a TV Sobral, e que a cidade é um grande centro universitário.

Certamente no que o concerne a investimentos públicos (o hospital) a cidade é privilegiada pela sua força política (feudo dos Ferreiras Gomes), e sabemos ser desproporcional a canalização de recursos públicos para lá. Já sobre investimentos privados Juazeiro do Norte e Cariri é diversificadamente prestigiado, como, por exemplo: um Shopping em expansão que será o maior do interior nordestino e o seu segundo Shopping em construção. O aeroporto conta com 4 voos diários, e há perspectivas de novas empresas e consequentemente novos voos. Temos duas TV's (Verde Vale  e Verdes Mares Cariri - empresa do SVM que não se interessou pela concessão na zona norte que ficou com a TV Jangadeiro), Juazeiro também concentra o maior número de cursos universitários do interior do Ceará, tem sua economia com predomínio no setor terceário. A dinâmica do mundo mostra que cidades industriais são muito vulneráveis a mudanças, assim com aconteceu no ABC Paulista, que já amargou a perda de grandes empresas para outras localidades. Já o setor de serviços tantam empregam mais, como solidificam mais a economia de um povo.

Lembramos ainda que haverão maiores investimentos públicos no Trem de Sobral e que há uma estratégia de que obras com menores investimentos no Cariri antecedam a inauguração de empreendimentos em Sobral, para desviar a atenção do povo para as dimensões dos investimentos nos dois locais.

Felizmente nada é para sempre. Juazeiro do norte teve seu apogeu político na figura do Padre Cícero, que não morreu na fé do povo nordestino, mas não deixou lideres locais que o sucedessem a altura. Com os Ferreiras Gomes não será diferente, ai a Grendene, por exemplo, não terá motivos para ficar mais lá, e poderá sair Brasil a dentro atrás de melhores benefícios fiscais. Isto seria para cidade de Sobral a mesma coisa que acabar em Juazeiro com os ciclos das romarias. O que seria mais provável acontecer?

AEROPORTO DE JUAZEIRO: Ampliação de terminal começa no mês de agosto

26/6/2010

As reclamações dos passageiros em relação ao desconforto são constantes, por conta das instalações precárias

Juazeiro do Norte. Mesmo não sendo o investimento previsto, com a possível construção de um novo terminal do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, neste Município, será investido cerca de R$ 2,8 milhões para instalação dos Módulos Operacionais. Em agosto, as reformas para ampliação dos terminais de passageiros de embarque e desembarque serão iniciadas. O processo está em fase de licitação, para escolha da empresa responsável pela obra. A obra deverá ser concluída até dezembro. Os módulos operacionais terão uma ampliação para uma área de 1.089 m².
Com a ampliação, de acordo com o gerente operacional do aeroporto, Fernando Carneiro, a capacidade do aeroporto passará de 60 pessoas para 187 usuários dos serviços. O módulo de embarque passará a ter uma área de 613m² e o desembarque de 476m². Atualmente, esses espaços são de 110m² e 190m², respectivamente.
O gerente afirma que serão instaladas estruturas metálicas. Ao final da obra, serão anexadas ao terminal. Atualmente, o espaço reservado para o terminal se resume a uma área de pouco mais de 900 m². Apenas um desembarque é necessário para lotar o terminal. As reclamações dos passageiros em relação ao desconforto são constantes, por conta do aperto.
Vários problemas já foram solucionados em virtude da falta de condições de espaço. Até a esteira, por ser pequena, ocasionava um atraso na entrega das bagagens. Houve um pequeno aumento, mas com a ampliação, haverá mais uma melhora. Além das áreas de embarque e desembarque, serão construídos novos banheiros, a área receberá mais lojas e uma lanchonete ou restaurante. No momento, conta apenas com uma. O aeroporto ganhará mais em segurança, segundo Carneiro, e um ambiente climatizado.
A previsão era de que fosse investido cerca de R$ 30 milhões num novo terminal, mas, com o pregão de licitação realizado no início deste mês, os investimentos estarão voltados para o Aeroporto de Juazeiro - apenas na áreas de embarque e desembarque -, e o Senador Petrônio Portela, de Teresina, no Piauí, que terá um montante de R$ 3,7 milhões.
A iniciativa de construção dos Módulos Operacionais nos dois aeroportos tem como objetivo atender à crescente demanda da atividade aeroportuária e garantir o conforto dos usuários, explica a estatal por meio de um comunicado. Em Teresina, o módulo terá uma área de 1.350 m² e contará com áreas de embarque e desembarque, além de, também, espaço para lojas de conveniências.
Somente este ano, a previsão de crescimento do Aeroporto de Juazeiro do Norte em relação ao número de embarques e desembarques é de 6%. Ano passado, passaram pelo local 247 mil pessoas, e a perspectiva é fechar este ano com 260 mil. Até o mês de maio passado, foram contabilizados 100 usuários.
Com as melhorias, serão mais dois ou até três anos até que se possa construir um novo espaço. Segundo Fernando Carneiro, isso não chega a resolver totalmente, mas dá uma condição de melhor funcionamento. Para melhorar a situação atual, alguns guichês chegaram a ser deslocados para a área externa do aeroporto. Há também uma grande dificuldade na área de estacionamento, que frequentemente, principalmente no início da tarde, período de maior movimentação durante o dia, fica lotado. Atualmente o aeroporto conta com quatro voos.
Em novembro de 2009, o aeroporto recebeu a visita do presidente da Infraero, Murilo Barbosa. Ele veio conhecer o local. Como a previsão era fechar o ano de 2009 com pelo menos 230 mil passageiros, a ideia era ampliar o espaço pelo menos para 200 mil por ano. O movimento médio diário do aeroporto regional é de, em média, 700 passageiros. A capacidade oficial do terminal em número de passageiros por ano é de 50 mil. Com a reforma, segundo Carneiro, a meta é dar suporte a pelo menos ao número previsto de lotação. A ideia era de investir na área no segundo semestre deste ano, segundo a gerência do aeroporto, pelo menos R$ 5 milhões. A reforma do aeroporto ocorre após várias reivindicações, principalmente com interferência do Ministério Público. Um dos principais problemas que vinha inviabilizando as reformas por parte da Infraero - mas que já foi resolvido - era a doação definitiva de toda a área do aeroporto pelo Estado, incluindo o terreno em vista, possibilitando as reformas e ampliações e até a construção de um novo terminal no futuro.

Governo municipal anunciará obras


Além de entregar obras, Santana pretende anunciar importantes projetos para Juazeiro, sendo que alguns destes já terão a autorização para início da construção. Do complexo centenário, ele citou a Praça do Marco Zero que já vai ser licitada e os portais da fé e de entrada da cidade. Outras obras serão a urbanização da Avenida Zé Bezerra, a macro drenagem, a duplicação de parte da Avenida Virgílio Távora, a construção de três novas praças, fontes luminosas, três CRAS, postos de saúde, estacionamento do Centro de Apoio ao Romeiro, Pólos de Lazer e outros.

Fonte: Blog do Tarso Araújo

Analisemos:

1- Centenário:

Indiscutivelmente 100 anos é um marco importante para qualquer cidade, Juazeiro do Norte chegará a este momento conduzida pela iniciativa privada e travada pelo poder público em suas três esferas de governo, que não avançam assim como os empresários. Vale ressaltar que a fraqueza política local tendenciosamente esta sendo substituída por " lobby " de empresários que procuram diretamente o poder executivo para dotar a cidade da infra-estrutura necessária para a prosperidade dos negócios. Vamos ver onde isso vai dar!

2- Urbanização da Av. Zé Bezerra:

Esta iniciativa começou a ser proposta na administração do ex-prefeito Carlos Cruz, e de lá até hoje já se vão quase uma década onde a comunidade local convive com poluição à Várzea das Timbáubas, falta de saneamento básico, deposição de resíduos sólidos, e a marginalização por falta de iluminação pública e pavimentação adequada. Já " ouvimos falar" - pois a prefeitura não disponibiliza o teor de seus projetos para o conhecimento da opinião pública através de maquetes, mesmo que de forma eletrônica em seu site, que contará  com um belo calçadão, pavimentação não asfáltica, drenagem e iluminação pública. Achamos que esta obra tem que sair do papel, anunciar por anunciar não vale! 

3- Duplicação de parte da Avenida Vírgilio Távora

A duplicação da Avenida Vírgilio Távora entre o Aeroporto e a Avenida Manoel Coelho de Alencar, foi anunciada e iniciada na gestão anterior, do ex-prefeito Raimundo Mâcedo, e estranhamente não foi concluída. Por tanto trata-se de uma corrida contra o atraso. Achamos que a via deveria ser duplicada em sua totalidade desde o cruzamento com a via férrea até seu final. E ainda, deveria ser prolongada até Missão Velha com pista dupla. Falta parcerias com o Governo do Estado que asfaltou estradas como Arajara-Caldas (02 distritos de Barbalha), Brejo Santo-Poço do Pau/ São Sebastião (sede e distritos no município de Brejo Santo), e não se mostra sensibilizado com a ligação da cidade principal da RMC via Aeroporto com todo o Cariri Leste. Mesmo com a conclusão do trecho proposto continuará faltando o incremento do Anel Viário para a distribuição do tráfego de veículos!

4- Estacionamento do Centro de Apoio aos Romeiros

O estacionamento de qualquer equipamento é de extrema necessidade, mas uma vez que as obras não foram iniciadas juntas, por que tanta avidez em anunciar algo, se a outra obra (O Centro de Apoio aos Romeiros) continua inconcluída?

5- Polo de Lazer:

Atividades de lazer aos longos dos anos foi sempre a primeira coisa a ser cortada em qualquer orçamento: público ou doméstico, em detrimento de Saúde, educação, etc... Podemos observar hoje como consequência a falta de ocupação dos jovens com atividades saldáveis e o desvio de conduta para atos ilícitos. O maior projeto juazeirense de lazer, defendido inicialmente pelo cidadão Gilberto Sobreira, e executado parcialmente (mais muito parcialmente mesmo) pelo ex-prefeito Manoel Salviano é o Parque Ecológico das Timbaúbas, que não avançou ao longo dos anos em direção ao norte (podendo ter cortado às avenidas Castelo Branco e Vírgilio Távora até a via férrea). Para que isso ocorresse era imprescindivel que o mesmo na forma de deputado federal tivesse feito nesta qualidade generosas emendas ao orçamento da união para este propósito.

Demolição da Cariri Oleos Industriais

É intenso o movimento de operários nas dependências da antiga Cariri Oleos Industriais situada no cruzamento das avenidas Padre Cícero e Carlos Cruz, próximo a Estação Teatro do Metrô do Cariri. A obra segue com o recrutamento de alguns trabalhadores braçais, em detrimento das novas tecnologias, como o uso de tratores e caminhões caçambas. Oficialmente não há informações sobre o novo empreendimento  que deverá ocupar este espaço. Expeculações são muitas, como, por exemplo, a vinda do Hiper Bompreço, bandeira do grupo Walmart no Nordeste brasileiro, com previsão de funcionamento ainda no mês de novembro deste ano. Paralelo a isso um trailer do seu parceiro , O Hipercard, segue com a concessão de cartões de crédito gratuitamente, portanto a notícia tem fundamento!

SISTEMA INTEGRADO DE TRANSPORTES PÚBLICOS BENEFICIARÁ PASSAGEIROS

                                                 
Os usuários de transportes coletivos da região do Cariri poderão se deslocar com mais facilidade entre Crato e Juazeiro do Norte, em breve. A novidade é a integração dos sistemas de ônibus e metrô, que começa a ser avaliada para a implantação do uso conjunto dos transportes entre as duas cidades. O projeto ainda está em fase de estudo e aguarda a realização de uma pesquisa de origem/destino do fluxo de passageiros na região, para definição da área de cobertura a ser atendida.

Com o novo sistema, o usuário que pegar o ônibus integrado, pagará pela tarifa e quando chegar ao Metrô do Cariri utilizará o mesmo bilhete para a viagem. Os passageiros terão a opção de se deslocar pagando a mesma tarifa por mais locais, utilizando os dois modais de transporte. Mesmo com a extensão, o preço da passagem, hoje fixada em um Real, será mantido.

Conforme informou a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos, a integração será feita, a princípio, entre ônibus específicos e Metrô do Cariri. Os veículos serão identificados, exclusivamente, com o mesmo adesivo do metrô, para facilitar a visualização dos usuários.

De acordo com o gerente de Controle e Tráfego, Antonio Chalita de Figueiredo, todos os metrôs do país já possuem integração com outros modais. “É uma forma de aperfeiçoar o transporte de massa nos grandes centros. O metrô serve como transporte estruturador, enquanto os ônibus servem para alimentar este corredor otimizando o tempo e o custo”, explica. A implantação do sistema integrado estava prevista para o mês de julho, mas foi adiada em função do advento da greve de motoristas em Fortaleza, que atrasou a vinda dos técnicos que fariam a pesquisa na região.

Fonte: JC

Insistimos em linhas entre bairros de Crato, Juazeiro e Barbalha, como também a integração das empresas Lobo, São Francisco e Via Metro com o Metrô do Cariri - este último deverá ser a "espinha dorsal " do nosso Sistema Integrado de Transportes Coletivos.

Trip Linhas Aéreas: de olho no Cariri





Cariri poderá ganhar novos voos – Apesar de o governo federal não ter feito as prometidas melhorias no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, a Trip Linhas Aéreas anunciou que vai pedir autorização à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para operar voos em Juazeiro do Norte. Atualmente a Trip atua em 79 cidades brasileiras, possui 34 aeronaves e deverá adquirir – ainda em 2010 – mais sete aviões. Fundada em 1998, a Trip mantém sociedade com o holding da companhia aérea norte-americana SkyWest Inc.
Achamos que a competição poderá aquecer ainda mais o fluxo de passageiros no nosso aeroporto, felizmente já há uma boa cobertura para nossos principais destinos: Fortaleza, Recife, Brasília, São Paulo, e Rio de Janeiro, mas ainda podemos ter melhorias no tocante há horários mais propícios e que permitam ida e vinda no mesmo dia, o intercâmbio de negócios já dá sinais desta necessidade.

Por ainda não sabermos as rotas e horários pretendidos sugerimos: Fortaleza-Juazeiro-SãoPaulo, com chegada aqui em torno das 7H30, e São Paulo-Juazeiro-Fortaleza, com chegada aqui em torno das 18H00.

terça-feira, 29 de junho de 2010

DISCUSSÃO SOBRE AÇÕES NO HORTO



Objetivando a construção de um plano de trabalho que vai acabar com a presença de crianças e adolescentes infratores na área do Horto, em Juazeiro do Norte, foi realizada, no Casarão do Horto, reunião de membros do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, do Centro de Referência de Assistência Social, pais dos menores e da administração do local. Diversas formas de contenção foram abordadas e sugestões aprovadas visando encontrar uma solução plausível para todos.

Fonte: Site da prefeitura


Com a finalidade de elaborar um plano de trabalho para conter a presença de crianças e adolescentes infratores na área do Horto, neste município, foi realizada, na manhã de ontem, no Casarão do Horto, reunião com a presença de membros do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, assistente social do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), pais e a administração do local. A reunião inicial foi para estudar uma solução em conjunto para o problema.
O padre José Venturelli, administrador do Horto, solicitou a reunião e apresentou algumas situações que têm sido corriqueiras por parte de crianças jovens da área. Ele disse que a sua preocupação é que se tornem adultos com as mesmas práticas. Contou que considera gravíssimo o fato de muitas crianças estarem roubando na área. "Temos que mudar essa situação para uma cultura de honestidade", afirmou o padre.
Ele aponta o problema de muitos anos que a comunidade tem sofrido com adultos, como uma realidade cultural. "E as crianças de hoje, se não for mudado esse quadro, irão no mesmo caminho", ressalta. Acrescenta que são pessoas que quando crianças pediam esmolas para usar o dinheiro na compra de drogas e álcool.
Esses problemas, conforme o padre, não foram solucionados. A administração identifica cerca de 15 crianças e adolescentes que estão praticando infrações na área.
Padre Venturelli apresentou algumas ocorrência no qual têm sido vítimas os romeiros e barraqueiros que comercializam produtos na área. E nem mesmo os cofres da igreja estão livres. Já foram registrados vários furtos e chegam a usar um arame amarrado a um ímã para recolher as pratas. Nos últimos meses, segundo levantamento da administração do Horto, foram registrados cinco arrombamentos em barracas, duas vezes em lojinhas, roubo de dois celulares, envolvimento com dinheiro falso, casos de insistência, agressividade e incômodo aos romeiros para obterem esmolas.
A secretária de Ação Social, Solange Cruz, disse que está sendo feito um cadastramento das famílias na área, que receberão acompanhamento de assistente social e psicóloga. Um Cras será instalado provisoriamente no Horto, próximo a Pedra do Joelho. A meta é encaminhar as crianças e adolescentes aos projetos sociais e educativos. O integrante do Conselho Tutelar, Antônio Pereira de Sousa, afirma que o dever do órgão é a garantia dos diretos da criança e do adolescente.

Fonte: DN

Lagoa Seca precisa de direitos e deveres de um bairro nobre



O bairro Lagoa Seca, considerado como o bairro nobre em Juazeiro do Norte, está tomado pelo lixo. Várias ruas estão com lixo acumulado há dias e os moradores enviaram reclamação a redação do Site Miséria, pedindo socorro. Segundo os queixosos, a coleta no bairro é muito irregular, proporcionando o acumulo de lixo por todas as partes. Ruas inteiras estão com lixo sobre as calçadas e em alguns locais tomando o leito da rua.
As fotos feitas pela redação do Miséria comprovam a denuncia. Além do lixo que em alguns locais exalam um cheiro terrível, tem acumulo de entulho podas de árvores e palhas de coqueiros. Um dos moradores queixosos disse que comunicou o fato a prefeitura desde a semana passada, mas até ontem ninguém havia aparecido por lá para tomar as providências. O lixo no bairro Lagoa Seca sempre foi um problema antigo.
O Miséria tentou um contato telefônico com o responsável pela coleta do lixo nos bairros, Ery Menezes, mas seu telefone estava fora de área. Ery que tem se esforçado ao máximo para amenizar a situação do lixo em todos os bairros da cidade e Juazeiro do Norte, provavelmente desconhece o problema. Muito dedicado e procurando atender a todas as reclamações, Ery Menezes certamente entrará em ação nesta segunda-feira, assim que for cientificado do problema através de nossa reportagem.

Fonte: Miséria

Achamos que um bairro considerável nobre tem um conjunto de direitos e deveres. Coleta de lixo, pavimentação asfáltica, são ações básicas. Em contra-partida deve-se cobrar tributos diferenciados como o IPTU com preço de bairro nobre, desde que se ofereça serviços públicos de igual nobreza. Há relatos de considerável inadiplência quanto ao IPTU no bairro, portanto cidadãos da localidade e prefeitura se merecem!

domingo, 20 de junho de 2010

PREFEITURA DISCUTE MELHORIAS PARA O LIXÃO DA PALMEIRINHA


A prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos (SEMASP) discutiu na manhã de hoje (18), a problemática da permanência de crianças no lixão da Palmeirinha. O encontro aconteceu na sede da secretaria e reuniu representantes da ação social, conselho tutelar e D. Neta, que é catadora e apontadora (direciona o local apropriado onde deve ser colocado determinado tipo de lixo).
Foi discutido um plano de trabalho que visa segurança ostensiva, cadastro para o controle dos catadores, iluminação, implantação de projetos sociais e melhorias para os que trabalham no local.
Foi sugerida ainda a realização de blitz em parceria com o conselho tutelar, juizado da infância e juventude, polícia militar e secretarias de assistência social e meio ambiente.

Fonte: Secretaria de Meio Ambiente

Esperavámos o início da atividades do Aterro Consorciado da Região Metropolitana do Cariri, onde os resíduos sólidos finalmente tenham um destino correto. Precisamos evoluir e investir, pois lixo é dinheiro, e dar o destino correto ao lixo é saúde!

Empresas investem R$:1 milhão e seicentos mil no transporte coletivo.

                                    

Durante décadas juazeirenses sofreram com a ineficiência dos transportes públicos de péssima qualidade que circulavam na cidade em sua grande maioria veículos sucateados.
A prefeitura através do Departamento Municipal de Trânsito Juazeiro responsável pela normatização e fiscalização do segmento dos transportes coletivos no âmbito municipal, implementou legislação com a finalidade de regularizar o serviço, prestando um melhor atendimento à população.
Com a iniciativa governamental, e a resposta privada positiva, dando credibilidade ao governo municipal, apostando numa mudança necessária para o bem da população, e na melhoria de vida dos cidadãos.
A Lei nº. 3.609 de 20 de janeiro de 2010, que estabiliza o prazo de vigência das permissões para a prestação do serviço de transporte público coletivo regular de passageiros da cidade, o DEMUTRAN através do Setor de Transportes Urbanos - SETU iniciou uma série de ações objetivando uma adequação do antigo sistema, a fim de atender às necessidades da população, tais como:

•Criação do termo de re-ratificação em parceria com as empresas;
•Aumento da frota, com aquisição de 19 veículos semi-novos (investimento de aproximadamente R$ 1.600.000,00 por parte das empresas);
•Projeto de aquisição de 05 ônibus para atender aos usuários portadores de necessidades especiais (projeto já em andamento);
•Vistoria de toda a frota prestadora de serviço, com adesivagem padronizada contendo identificação de rota e itinerário, número da empresa e do veículo;
•Exigência de seguro por veículo no valor de R$ 200.000,00 contra acidentes ou danos pessoais, com cobertura geral para transportados ou não, assim como para bens materiais;
•Mapeamento de todas as linhas, com definição de itinerários, horários e pontos de paradas;
•Sinalização vertical e horizontal dos principais pontos de parada;
•Instalação de vinte abrigos de ônibus;
•Extensão das linhas 08, 09 e 11 à Cidade Universitária;
•Cadastramento dos profissionais que operam os transportes coletivos, (motoristas, cobradores e fiscais);
•Curso de capacitação para 159 profissionais da área, com aplicação de aulas de primeiros socorros, direção defensiva, legislação de trânsito, atendimento ao público e termo de re-ratificação.


Achamos que há muita necessidade de melhorias e integração entre o transporte ferroviário e linhas intermunicipais para Crato, Barbalha, Missão Velha, e Caririaçu. Qualquer iniciativa aquém disto não conseguirá vencer nem 10 anos de atraso de investimentos ao longo de décadas. Somos a favor da unificação das tarifas, integração nas proximidades das estações de trem, e pressa, muita pressa para que isso ocorrra o mais rápido possível.

PREFEITURA DE JUAZEIRO DO NORTE REALIZA MEDIÇÃO DE RUAS DA LAGOA SECA





Equipes da Secretaria de Infraestrutura de Juazeiro do Norte realizaram, ontem, 16, medição das ruas José de Matos França, Marcionília (em frente ao Fórum Juvêncio Santana) e Tenente Luiz Coelho, no Bairro Lagoa Seca, com o objetivo de asfaltá-las. Convém salientar, que outras ruas daquele bairro, entre elas, a Arnóbio Barcelar Caneca, já foram asfaltadas pelo prefeito Dr. Santana.

“Estamos fazendo esse trabalho para asfaltar essas ruas o mais breve possível, melhorando as condições de tráfego”, informou o Secretário Rafael Apolinário, acrescentando que o prefeito Dr. Santana, está imbuído dos melhores propósitos no sentido de contemplar também ruas dos bairros Frei Damião e São José, conforme elaboração de cronograma. “A exemplo de outras localidades, cujas ruas já foram asfaltadas, os bairros Frei Damião e São José também serão beneficiados. Essa é a determinação do prefeito Dr. Santana”, disse Rafael. 

 Fonte: Secretaria de Infraestrutura


O bairro Lagoa Seca nasceu predominantemente residencial, e  ao longo dos anos vêm ganhando importantes equipamentos para o usufruto de toda população caririense: universidades, diversas empresas, restaurantes, etc... Acreditamos que assim como Aldeota e Boa Viagem em Fortaleza e Recife, respectivamente podemos ter aqui em Juazeiro um bairro independente e com vida própria capaz de atrair cada vez mais novos investimentos, e consequentemente gerar emprego e renda para a toda nossa população. Assim precisamos dotar a Lagoa Seca de infraestrutura e interligá-la aos outros bairros como Frei Damião e Tiradentes, que podem ofertar farta mão de obra, capaz de dinamizar e transformar suas principais avenidas e binários em verdadeiros corredores de serviços.

Sugerimos ainda asfaltar o binário Duca Bringel / Manoel Balbino, e ainda extender a pavimentação da Avenida Ailton Gomes até estas ruas melhorando o acesso para Barbalha.

PREFEITURA CONTRIBUI COM O ICASA


Após uma reunião com a direção do Icasa o prefeito de Juazeiro Dr. Santana autorizou a liberação de R$ 30 mil para o Verdão do Cariri. Dr. Santana informou também que fará uma campanha para ajudar a vender 200 camisas do Verdão a R$ 1 mil cada para ajudar o time juazeirense a arrecadar fundos para pagar as despesas da equipe durante a Série B do Campeonato Brasileiro. O Icasa continua normalmente seus treinos visando o retorno à Série B após a Copa do Mundo da África do Sul.

Fonte: PMJN

A ajuda pública ao Icasa é um assunto polêmico visto que o uniforme do clube se assemelha a um abadá de carnaval fora de época, onde vários patrocinadores disputam todos os espaços das camisas e shorts dos jogadores, e apenas a iniciativa pública é cobrada e criticada.

Achamos que para o Icasa poder cobrar também deveria abrir sua contabilidade a opinião pública e quem sabe assim ser melhor compreendido e ajudado. Também achamos que o espaço para publicidade deverá ser proporcional aos valores recebidos.

Nova Cliniafagu


UM PRESENTE PARA OS SÓCIOS AFAGU DO CARIRI.

Dando continuidade ao seu perfil empreendedor, o Grupo Cordeiro de Freitas inaugurou na última segunda-feira, dia 14 de junho de 2.010, mais uma unidade de negócios, dessa vez na área da saúde, é a CLINIAFAGU; dando continuidade assim a filosofia do grupo de investir em segmentos que atendam diretamente as necessidades sociais. A CLINIAFAGU além de moderníssimas instalações, contará com uma grande e competente equipe de profissionais que atenderá as múltiplas especialidades que demandam atendimento no Cariri e cidades adjacentes.

Fonte: Site Afagu


Parabenizamos a iniciativa e reconhecemos a força deste grupo em nossa região, que certamente também reconhece através de seus investimentos a importância deste grandioso mercado consumidor. Esta clínica de grandes dimensões no cotexto juazeirense, lança um novo tempo na descentralização de serviços em nossa cidade, visto que antes tinhamos um eixo quase exclusivo na Rua Padre Cícero e adjascentes destinados a serviços médicos e odontológicos. Só um grande grupo como: a Pague Menos ousou ao abrir filiais fora da Rua Santa Luzia, o Atacadão que ousou abrir um grande supermercado distante do centro, e agora a Afagu que abre sua clínica em localização voltada para outros seguimentos comerciais.

Juazeiro terá nova emissora FM

                                     
Está marcada para o próximo dia 25 a abertura dos envelopes contendo as propostas dos participantes que estão disputando a concessão do mais novo canal de rádio FM de Juazeiro, o qual deverá operar na freqüência de 103,9 MHZ e potência de 5KW. Estão participando da concorrência as seguintes empresas: Sistema Maior de Radiodifusão; Sistema Siará de Comunicações Ltda; Rede Brasil de Radiodifusão Ltda; Empresa de Radiodifusão Conquista Ltda; Rádio e Televisão Mídia Ltda; NSTV Sistema de Comunicações Ltda; Empresa de Radiodifusão Ursa Maior Ltda; Aurora Comunicações Ltda; RA Participações e Comunicações Ltda; Rádio Digital Ltda e a GR Sistema de Comunicação. O preço mínimo é de R$ 437 mil, mas poderá atingir a casa dos R$ 2,5 milhões, tendo em vista o grande interesse despertado entre os participantes, composto por empresas de fora, grupos evangélicos e gente de Juazeiro.

Fonte: Juanorte

O setor de comunicaçóes esta com tudo, em menos de um ano descatamos: TV Verdes Mares Cariri, Jandeiro FM - com Estúdios em Juazeiro e transmissores em Crato, e a Universitária FM. Mas, mesmo assim, sentimos a falta de um jornal impresso diário com assinantes fidelizados e corpo editorial idependente, pois a imprensa local ligada a grupos políticos sempre conta " versões " paciais da verdade.

sábado, 19 de junho de 2010

Juazeiro do Norte na mira do Assaí.

A abertura da quarta unidade do Assaí no Ceará, ontem, na Parangaba, promete ser o primeiro de outros investimento da rede de lojas no Estado em 2010. No momento, o Grupo Pão de Açúcar prospecta o mercado para abertura de outra loja na região sul da Capital, possivelmente em Messejana. No Interior cearense, Juazeiro, no Cariri, é o primeiro a despertar interesse da empresa.
A informação é do diretor geral do Assaí, Maurício Ferrucci, que veio à Fortaleza participar da inauguração. Segundo ele, no plano de expansão estão previstas para este ano 18 novas lojas Assaí no país. "A loja da Parangaba foi a terceira aberta este ano. Ainda faltam 15, sendo que duas já estão confirmadas para o estado de Pernambuco", antecipa.
Até 2010 a perspectiva é que sejam abertas 110 lojas em todo o Brasil. De acordo com Ferrucci, o Estado do Ceará, que foi a porta de entrada da expansão do Grupo no Nordeste, também será contemplado no plano de expansão do Assaí. "A Região do Cariri, por exemplo, interessa bastante, principalmente Juazeiro. Sobral e várias outras cidades também estão sendo prospectadas. Quem sabe até o fim do ano, mas com certeza até o próximo ampliaremos nossa presença no Estado", dá a pista.
Em Fortaleza, ele garante que "há intenção de (abrir) pelo menos mais uma loja até o fim do ano". "Deve ser mais na região Sul da Cidade, que ainda não foi contemplada, como Messejana. Mas ainda estamos prospectando o local", desconversa.

Fonte: DN.


Achamos que todos os seguimentos explorados em Juazeiro, principalmente os de maiores sucessos, como é o caso do Atacadão, não conseguem ficar sozinhos, sem a presença de concorrentes. No Brasil, 3 grandes grupos varejistas disputam de forma acirrada o mercado: Pão de Açucar, Carrefor e Walmart. Estes 03 grupos têm bandeiras diferentes de acordo com o seguimento explorado: Assaí, Atacadão e Maxxi, por exemplo, são respectivamente os nomes dados as lojas com modelo de atacarejo de cada grupo. Extra, Carrefour e HiperBompreço os nomes dados também respectivamente aos hipermercados, e assim por diante.

Achamos que O Atacadão acreditou em Juazeiro e os outros atacarejos apenas vêm obter uma fatia em nosso mercado. Esperamos investimentos no modelo de hipermercado, pois ainda somos carentes nesta modalidade, com certeza há um nicho de mercado com grande potencial ainda ocioso neste setor.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Em 2.009 Juazeiro cresceu mais que Campina Grande-PB



Juazeiro do Norte apresentou em 2.006 de acordo com com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano de 2006, apresentou a sexta maior evolução de PIB no Nordeste: 1- Mossoró (RN) 24,83%, 2 - Campina Grande (PB) 22,46%, 3 - Arapiraca (AL) 18,27%, 4 - Caruaru (PE) 16,34%, 5 - Juazeiro (BA) 15,63% e 6 - Juazeiro do Norte (CE) 11,72%.

Já em 2.009, no ano passado, cresceu 18,2%. Superou Campina Grande (PB) que cresceu 17,77%. A informação é da empresa de consultoria de pesquisa de mercado Target Marketing, com base em dados de consumo das famílias medido pelo IBGE e baseado no IPC - Índice de Potencial de Consumo. Em tempo: foram esses dados que fizeram a holding de supermercado Walmart escolher Juazeiro do Norte para sediar mais uma unidade daquela rede. Que será construída no bairro São José a poucos metros da fronteira com Crato.
Respeitamos a cidade de Campina Grande por toda sua importância no contexto nordestino, e considerando tudo isso, achamos um marco de suma importância ultrapassar a velocidade de crescimento desta cidade, que é extremamente significativa e considerável. Já havíamos publicado em dezembro de 2.009 uma postagem sobre Campina Grande, e esperamos que Juazeiro tenha tamanho crescimento que nos permita em breve compará-la a grandes cidades do interior brasileiro: Campinas e Ribeirão Preto-SP, Volta Redonda e Campos-RJ, Londrina e Maringá-PR, Blumenau e Itajaí-SC, etc...

Delegado faz estudos e defende a instalação de uma DENARC no Cariri




O Ex-superintendente da Polícia Civil no Ceará, César Wágner Maia Martins, encontra-se na região do Cariri aonde amplia estudos sobre a disseminação do crack que, desde 1990, chegou ao Ceará. Assustado, falou que vem avançando rapidamente e já atinge todos os municípios. Ele está licenciado e aproveita o tempo livre para viajar pelas delegacias cearenses, compilar dados e conversar com as pessoas. No Cariri, visita Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Brejo Santo e Mauriti.
A intenção, conforme disse em conversa com a reportagem do Site Miséria, é oferecer subsídios ao estado no sentido da implantação de políticas públicas voltadas à repressão no tráfico, além da prevenção e tratamento de usuários. O delegado César Wagner está defendendo a criação de um Departamento Antidrogas no Ceará junto com a criação de cinco DENARCs (Delegacias de Narcóticos), sendo uma delas em Juazeiro do Norte.
"Estamos denunciando o aumento da criminalidade no Ceará tendo como motivo o tráfico de drogas", revelou acompanhado do presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil no Ceará, Nilton Castelo, também preocupado com a situação. Conforme demonstrou, nos últimos cinco meses o número de homicídios aumentou 52% na Região Metropolitana de Fortaleza em comparação com o mesmo período do ano passado.
Para ilustrar sua tese, observou que dos 790 homicídios deste ano na RMF, cerca de 70% são execuções sumárias ostentado relações diretas com a disputa por territórios de tráfico e a eliminação de viciados em débito com traficantes. "A pistolagem recrudesceu no Ceará nos braços desse mundo das drogas", acrescentou comparando que os investimentos do estado da ordem de R$ 500 milhões em segurança "não surtiram efeitos no sentido de reduzir a criminalidade".
Quando César Wagner esteve à frente da DENARC entre fevereiro de 2008 e setembro de 2009, foram presos 430 traficantes e um movimento financeiro estimado em R$ 13 milhões considerando bens, drogas, armas e dinheiro em espécie apreendidos. Ele disse que teve a ajuda da sociedade na desarticulação dos elos dessa cadeia criminosa. Acrescentou ainda que somente em termos de crack foram apreendidos 170 quilos e mais 30 quilos de cocaína no mesmo período representando uma quantidade superior a todo o tempo de 10 anos de funcionamento da Denarc com o fechamento de 165 pontos de vendas de drogas.

Fonte: Miséria

Defendemos a criação de uma rede de delegacias na Região Metropolitana do Cariri, com uma sub-sede da superitendência de Polícia Civil, agregando divisões de homicídios, narcóticos, defraudações, etc... Além da implantação imediata de 03 distritos policiais em Juazeiro (Centro, Triângulo, e Novo Juazeiro), e 02 delegacias em regime de plantão 24 horas: uma em Crato, outra em Barbalha, além do funcionamento interrupto das distritais juazeirenses. Delegacias em: Missão Velha, Jamacaru, Jardim, Nova Olinda, Ponta da Serra, Farias Brito, e Santana do Cariri.

O Estado do Ceará é a unidade federativa com a maior concentração de serviços na capital em detrimento do interior, precisamos equipar o interior em igualdade de condições facilitando a vida do nosso povo. Os cidadãos do interior pagam os mesmos impostos dos cidadãos da capital, portanto não podem ser classificados como homens e mulheres de segunda classe.